terça-feira, 13 de outubro de 2015

A oposição anda em má companhia

Eduardo e Aécio cochicham

Eduardo Cunha desqualifica a oposição, porque contra ele pesam serias acusações - sendo que a mais recente vem respaldada por robustas provas fornecidas pelo Ministério Público da Suíça. A investigação do Ministério Público da Suíça mostra que os recursos atribuídos ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), circularam por pelo menos 23 contas bancárias no exterior como forma de ocultar sua origem.

Entre saques e depósitos que abasteceram as quatro contas em nomes de offshores atribuídas ao deputado, os ativos transitaram por bancos em Cingapura, Suíça, Estados Unidos e Benin.

A situação insustentável do presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha motivada pela enxurrada de denuncias que pesam contra esse parlamentar, cria um sério complicador para a oposição, que ao defendê-lo e tê-lo como aliado se desqualifica, porque liga sua sorte à de um político que está no olho do furacão e que a qualquer momento poderá virar réu e ser cassado por quebra de decoro parlamentar e uma série de outros crimes apontados pelo MPF.  

Siga no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino
Postar um comentário