segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Eduardo Cunha desafia e agride o país


O ar arrogante e desafiador do deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) agride a consciência nacional e passa a impressão para a sociedade brasileira de que todos os deputados federais comem em suas mãos; como se diz na gíria, quando afirmamos que alguém é dependente de outrem.  

O presidente da Câmara Federal em que pese todas às denuncias feitas contra ele, afronta o país ao questionar o Poder Judiciário, o Ministério Público Federal (MPF) e a Policia Federal (PF), como quem está acima do bem e do mal.   

O comportamento de centenas de parlamentares brasileiros cobre de opróbrio a imagem do país, interna e externamente. O Brasil depois dos escândalos do Mensalão e do Petrolão é motivo de escárnio e zombaria nos países civilizados, onde a corrupção existe, mas que não atinge um nível escandalosamente alto. Não há nenhum exagero em afirmar que a corrupção está institucionalizada neste país.

Em TemPo:

A CPI da Petrobras presidida por um deputado federal muito ligado ao presidente da Câmara Federal, a exemplo da CPI do Cachoeira vai ser encerrada esta semana em meio ao surgimento de novas denuncias, para não ter que convocar Eduardo Cunha que pediu para depor assim que o seu nome apareceu na lista dos 36 parlamentares 'enrolados' na Operação Lava Jato. O deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP) insiste na prorrogação dessa CPI para que Cunha seja convocado para depor, mas dificilmente esse parlamentar conseguirá prorrogar essa CPI.     

Siga  no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino 
Postar um comentário