quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Joaquim Barbosa diz não levar o PSDB a sério



Enaltecido pelos tucanos desde que relatou o processo que mandou para a cadeia a cúpula do PT, o ministro aposentado do STF Joaquim Barbosa veiculou no Twitter um comentário cáustico sobre o PSDB. Disse que a legenda não pode ser levada a sério.
Num lote de três posts, Barbosa começou cutucando os políticos em timbre genérico. Referindo-se ao apreço da tribo pelo financiamento eleitoral privado, escreveu: “Notem o comportamento dos políticos: nossa economia está em frangalhos, mas eles só pensam numa coisa: no dinheiro das empresas!”
Em seguida, sem mencionar o nome do presidente da Câmara, Barbosa espinafrou o tucanato por apoiar Eduardo Cunha. “Contra o presidente de uma das Casas do Congresso há acusações de crimes graves, mas ele é apoiadíssimo pelo PSDB!”
O ex-relator do mensalão arrematou: “Dá para levar essa gente a sério? Não dá, né?”
Suprema ironia: Barbosa escangalha com o PSDB num instante em que o partido começa a se dar conta, com o atraso habitual, de que se aliou ao indefensável na Câmara. Um dia depois de o líder tucano Carlos Sampaio ter renovado o apoio a Cunha, o tucanato fez chegar ao morubixaba da Câmara que começa a, talvez, quem sabe, considerar a situação dele “insustentável”. Do blog do Josias

Siga no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino  
Postar um comentário