quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Oposição sem pudor


O caráter do político brasileiro via de regra é macunaímico. É o mesmo do herói criado pelo escritor paulista Mário de Andrade. É óbvio que existem as honrosas exceções. Ainda bem!

A proposito: a oposição brasileira que vive nas tribunas da Câmara Federal, do Senado e por último nas ruas pedindo a renuncia ou o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, é a mesma que criou um cordão sanitário em volta do presidente da Câmara Federal, o deputado fluminense Eduardo Cunha, contra o qual existem 12 denuncias. A mais recente refere-se a contas criadas por esse parlamentar na Suíça.

A oposição na sua sede desesperada pela conquista do poder a qualquer preço se cobre de ridículo e se nivela ao governo, porque não tem moral suficiente para exigir da presidenta Dilma Rousseff e do Partido dos Trabalhadores (PT) comportamentos moral e ético exemplares. Quem acoberta Eduardo Cunha não pode ser lavado a sério. 

Siga no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino
Postar um comentário