quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Temer perdeu o discurso e a pose

Renan e Temer buscam uma saída


A Polícia Federal (PF) ao irromper nas casas e no escritório do deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e nas casas de outros peemedebistas de alto coturno, jogou por terra o sonho de Michel Temer de vir a ocupar o lugar hoje ocupado por Dilma. É que o PMDB teve sua vida devassada pela PF em busca de provas que deverão ser usadas contra os investigados do partido de Temer.

O PMDB saiu constrangido desse triste e humilhante episódio de ontem (15/12) e esse constrangimento jogou um ‘balde de água fria’ na ambição pretensiosa do presidente nacional de um partido que é tido e havido como fisiologista, corporativista e patrimonialista.

O PMDB ao sofrer duas grandes derrotas que lhe foram infligidas no dia de ontem pelo STF e pelo Conselho de Ética da Câmara Federal, perdeu ainda o discurso de oposição que vinha usurpando da verdadeira oposição e deixou Michel Temer falando sozinho.
Postar um comentário