sexta-feira, 18 de março de 2016

Esgotou-se o tempo de Dilma e do PT

Nos últimos dias os acontecimentos vêm se precipitando de tal forma que a situação do governo Dilma Rousseff ficou insustentável. Muito em função do atrelamento do governo federal ao ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva que é motivo de duas investigações: uma no plano federal patrocinada pela Operação Lava Jato e a outra no plano estadual movida pelo Ministério Público Estadual (MPE) do estado de São Paulo.

Eu como um ex-simpatizante do Partido dos Trabalhadores (PT), aqui neste espaço, por várias vezes já sugeri à formação de um pacto de governabilidade como única saída para resolver um impasse político que vem se arrastando e que ameaça o futuro das nossas instituições.  

Hoje, só o Poder Judiciário ainda não foi atingido diretamente pelas crises política e econômica, o que está garantindo as condições mínimas de governabilidade.

A presidenta Dilma Rousseff ao atrelar o seu destino ao do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva se comprometeu de tal maneira com a sorte do seu criador que fatalmente o destino de um será o destino do outro.      

Esgotou-se o tempo de Dilma Rousseff para reverter uma situação que a cada dia agrava-se mais ainda ao ponto de haver uma saída. A propósito: o maior erro cometido por Dilma Rousseff nesses seus quase três anos de governo no segundo mandato, foi ter se submetido as chantagens do PMDB.

Postar um comentário