quarta-feira, 30 de março de 2016

Na oposição todos são Cunha

Cunha e Aécio cochicham e ao lado Rubens Bueno

O Brasil é país do cinismo explícito, da falta de coerência e da igualdade entre todos os políticos. Sejam eles da situação ou oposição. Como dizia o saudoso dramaturgo, escritor e jornalista pernambucano, Nelson Rodrigues: “Muitas vezes é a falta de caráter que decide uma partida. Não se faz literatura, política e futebol com bons sentimentos.”. Quanta verdade contida nessa frase se comparada ao Brasil.

Os partidos que se dizem oposição ao governo Dilma Rousseff, o PPS, DEM e PSDB, para citar só os maiores partidos que querem tirar o Partido dos Trabalhadores (PT) do poder, convivem harmoniosamente com Eduardo Cunha, um político com uma penca de processos no STF, com Renan Calheiros, outro político Ficha Suja e com Michel Temer o líder dos conspiradores e que volta e meia aparece na Colaboração Premiada de um doleiro, de um ex-diretor de Petrobras ou de um empreiteiro.

Não é à toa que insisto na tese de que o PMDB e a oposição em geral não têm moral suficiente pedir o impedimento da presidenta Dilma Rousseff.  O PMDB e a oposição para serem coerente deveriam pedir também o impeachment de Cunha.
Postar um comentário