terça-feira, 29 de março de 2016

O PT neste momento está aprendendo uma dura lição



O Partido dos Trabalhadores (PT) que chegou ao poder para promover uma ruptura com a política velha e os dinossauros da política; no poder se converteu ao credo e às oligarquias que antes combatia, para realizar o seu megalomaníaco projeto de poder que prevê no mínimo 20 anos de governos consecutivos do PT. Isso quer dizer que o PT liderado por Lula, Zé Dirceu, João Vaccari, Delúbio Soares e Ruy Falcão traiu o povo que acreditou na honestidade de propósitos dos petistas.  

O PT que no governo se aliou ao PMDB no dia seguinte à vitória de Lula e para não perder o apoio do maior partido brasileiro trocou cargos por apoios, fez de Michel Temer duas vezes vice-presidente da república e nos dois governos Dilma Rousseff o partido de Temer, Cunha, Renan, Romero Jucá e Moreira Franco dividiu o governo com o PMDB chegando a ocupar sete ministérios e algumas centenas de cargos no segundo e terceiro escalões.

Mas o PMDB com todo gigolô que se presa, a partir do momento em que a amante perdeu a condição de mantê-lo numa vida confortável meteu os pés na amante e partiu para uma nova aventura.

O PT se tivesse rompido com o atraso e não tivesse sido seduzido pelo PMDB ao ponto de mergulhar de cabeça na prática de malfeitos, hoje, não estaria na situação deplorável, insustentável e à beira do abismo.
Por Joachim Arouche
Postar um comentário