sábado, 9 de abril de 2016

Dilma Rousseff caminha na corda bamba



A cada dia que passa, mais se complica a situação do governo da presidenta Dilma Rousseff, que além de estar sofrendo um processo de impeachment, ainda por cima, convive com uma onda de crises que ameaçam tragar um governo que se fragiliza a cada nova delação ou colaboração premiada.

A presidenta Dilma Rousseff deveria prestar um grande serviço ao país, convocando uma nova eleição, o que impediria o PMDB de assumir o governo num eventual impedimento do quarto governo do Partido dos Trabalhadores (PT).

Caso Dilma Rousseff renuncie ou sofra um impeachment e o vice-presidente Michel Temer venha a assumir o governo, o Brasil mergulhará de vez no caos, porque o PMDB é o partido que tem mais corrupto por metro quadrado neste país e o PT e o PC do B e os movimentos sociais não irão colaborar com um governo formado por políticos profissionais, carreiristas e oportunistas.

Não é à toa que o presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha e o presidente do senado, Renan Calheiros são políticos que respondem a vários processos e já deveriam ter deixado a vida pública.

Por Justino Fernandes
Postar um comentário