quarta-feira, 11 de maio de 2016

O "Dia D" de Dilma Rousseff


"Dia D" significa, o dia que se toma grandes decisões. Mas não é esse o caso do julgamento do impeachment da presidenta Dilma Rousseff, a primeira mulher a comandar o destino deste país. O que significa um grande retrocesso na nossa história.

Um processo de impedimento de uma mulher honesta que começou cheio de vícios e comandado por um réu, o que escandaliza o mundo e cobre de ridículo uma nação tão ridicularizada pelos países do primeiro mundo.  

O Brasil que na frase Le Brésil n’est pas un pays serieux”, atribuída a Charles de Gaulle é visto com um país cômico, anedótico, gaiato, piadético, jocoso, mentiroso, trocista e risível pelos estrangeiros. Com essa farsa do impeachment da presidenta Dilma Rousseff, uma mulher séria e honrada se consolida lá fora a imagem negativa de um país que poderia ter dado certo e não deu e dificilmente dará, porque os nossos políticos são o que são – tudo menos estadistas. Estadista só se for de província ou republiqueta de banana.

O que me conforta neste momento é saber que daqui a no máximo 100 dias - os algozes de Dilma Rousseff serão jogados no lixo da história. Quem viver verá! 


Os políticos brasileiros são todos Waldir Maranhão.
Postar um comentário