segunda-feira, 23 de maio de 2016

Jucá nunca foi santo


Mais um ‘Bode’ é colocado na antessala de Temer. Resta saber agora, qual o Bode que deve ser retirado primeiro da sala do presidente provisório, porque ambos cheiram mal e a suas catingas incomodam o país.

O primeiro Bode a se instalar na antessala do presidente peemedebista, foi o presidente afastado da Câmara Federal, Eduardo Cunha, que ao depor na Comissão de Ética da Câmara que julga o seu presidente eleito, ameaçou se reinstalar no seu gabinete, o que criou um grande mal estar no país.

Sem que Temer tivesse retirado o primeiro Bode, eis que um novo Bode se instala na sala de visita, o ministro do Planejamento Romero Jucá, que foi flagrado numa gravação telefônica no mês de março deste ano, com o ex-diretor da Petrobras, Sérgio Machado, onde Jucá sugere que num eventual governo do PMDB a Operação Lava Jato seria abortada. Para o bem e alívio de todos.

Essa gravação que pega o presidente do PMDB, Jucá, numa conversa indiscreta, cria um embaraço do tamanho do país ao presidente Temer, o que tira o pouco de legitimidade que tinha esse novo governo.

A situação de Temer é quase insustentável.
Postar um comentário