segunda-feira, 11 de julho de 2016

A arte de FLORIANO TEIXEIRA







Floriano de Araújo Teixeira, nasceu no município de Cajapió (MA) em 8 de março de 1923 e faleceu em 21 de julho de 2000. Foi um pintor, desenhista, miniaturista, copista, retratista, gravador e escultor autodidata maranhense.

Em 1935 recebeu as primeiras aulas de desenho do professor Rubens damasceno, neste mesmo ano pintou suas primeiras aquarelas. Engajou-se na imprensa, em "O Democrata", onde participavam grandes nomes do jornalismo como, Anníbal Bonavides, Odalves Lima, Aloíso Medeiros, Durval Aires, Moraes Né, e muitos outros, desenvolvendo desenhos para histórias em quadrinhos e caricaturas. Em 1940, participou de um grupo de pintores liderados por J. Figueiredo.

Em 1941 expôs no Primeiro Salão de Dezembro e ganhou o primeiro prêmio com o quadro "Bêbados". Em 1948 catalogando a coleção de obras de arte de Arthur Azevedo conheceu os trabalhos de Daumier, Gavarni, Millet e outros. Em 1949, em parceria com outros artistas, fundou o Núcleo Eliseu Visconti. Descobriu Candido Portinari. Trabalhou as técnicas de monotipia e xilogravura. Em 1950 mudou-se para o Ceará. Os escritores em incessantes trabalhos convidaram-no para elaborar e ilustrar os projetos de suas obras de contos, poesias, crônicas, romances e ensaios. Aliado a Antônio Bandeira, Zenon Barreto e outros artistas, fundou o grupo dos "Independentes".

Floriano Teixeira foi um dos mais frequentes ilustradores dos livros do seu amigo, o escritor baiano Jorge Amado. A capa do livro Navegação de Cabotagem é de Floriano Teixeira.
Postar um comentário