domingo, 17 de julho de 2016

O PT degenerou-se e desfigurou-se



O Partido dos Trabalhadores (PT), que até as eleições municipais de 2012 era tido como uma boa companhia, ao cair em desgraça, passou a ser visto como um portador de uma doença contagiosa. De uma doença da qual todos fogem só de ouvir falar. E essa doença contagiosa que atacou o PT é a corrupção. A corrupção que é uma ação praticada por bandidos, malfeitores; pessoas sem nenhum respeito pela vida humana e tão ou mais perigosas do que o traficante e o narcotraficante, porque enquanto o traficante mata no varejo, o corrupto e o corruptor matam no atacado.

Um hospital e um posto de saúde que deixam de ser construídos, porque os recursos destinados às suas construções foram desviados, permite que muitas pessoas morram por falta de assistência médica e hospitalar. E quem desvia recursos públicos é um criminoso inominável.

Sem que o PT faça mea culpa e passe por um processo de refundação, não conseguirá resgatar a sua antiga imagem de partido moralmente e eticamente confiável. O PT degenerou-se e desfigurou-se de tal maneira que o povo brasileiro não confia mais nos petistas.
Postar um comentário