sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Banda podre do PT não tem moral para usar programas sociais

Os petistas que nesta eleição estão no palanque de partidos que traíram Dilma, Lula e o Partido dos Trabalhadores (PT) não vão ter o desplante, a sem cerimônia e a ousadia de defender os programas sociais dos governos Lula e Dilma de PT para ajudar os inimigos dos trabalhadores, dos excluídos e dos menos favorecidos.

O estado do Piauí é provavelmente o único estado brasileiro, onde os petistas (a banda podre do PT formada por neopetistas) vão se coligar com partidos que tramaram contra a presidenta Dilma Rousseff e que certamente irão apeá-la do poder.

No município de São Raimundo Nonato (PI), onde o PT aliançou-se com o PP de Ciro Nogueira e Paulo Maluf é visível a olho nu, o constrangimento dos “petistas” que apoiam essa ignominia que desonra e degrada os petistas autênticos.

A decadência moral e ética do PT se explica pelo comportamento da sua classe dirigente que aceita e apoia decisões de diretórios estaduais e municipais formados por petistas que ingressaram no PT com a ascensão de Lula ao poder.  

A propósito: o PCdoB em São Raimundo Nonato apoia por baixo dos panos a candidatura do PP.
Postar um comentário