sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Dilma Rousseff vive seus estertores

Dificilmente a presidenta Dilma Rousseff conseguirá se salvar do impeachment. É que os seus algozes e traidores vão julgá-la com base num critério essencialmente político.

A possibilidade da presidenta Dilma Rousseff renunciar não está de todo descartada, o que lhe permitiria manter seus direitos políticos.

Nos próximos dias, a sua defesa manterá a estratégia de que ela não renunciará e de que a presidenta está sendo vítima de um golpe, o que fará com que a militância petista se mantenha mobilizada.


No seu íntimo a presidenta Dilma Rousseff alimenta o sonho de disputar o governo do estado do Rio Grande do Sul, onde já foi secretaria de estado.

Se não houver nenhum impedimento jurídico e o governo Temer não deslanchar, ou seja, não tirar o país do buraco, Dilma Rousseff poderá voltar em 2018.

Lula dificilmente se salvará da Operação Lava Jato e deverá virar réu nos inquéritos que correm contra ele. 
Postar um comentário