quinta-feira, 11 de agosto de 2016

PMDB e PT é o roto falando do esfarrapado



É cínico e despudorado aquele que critica os governos do Partido dos Trabalhadores (PT), sob o comando da presidenta afastada Dilma Rousseff e defende o governo provisório do PMDB. O PMDB que participou diretamente dos dois governos de Dilma, com quase uma dezena de ministérios, mais de três mil cargos no segundo e terceiro escalões e com o vice-presidente da república. 

O crítico do PT e da presidenta Dilma Rousseff que merece credibilidade é aquele que critica igualmente o PMDB, um partido que é corresponsável pelo baixo desempenho do quarto mandato consecutivo do PT, uma que vez participou diretamente desse governo.

Não é à toa que o PMDB tem vários políticos que integram a sua cúpula atolados até a medula na Operação Lava Jato, como por exemplo, o ex-presidente da Câmara Federal, o deputado federal afastado Eduardo Cunha, o presidente do Senado Renan Calheiros, o senador e ex-ministro do governo Temer, o senador Romero Jucá (PMDB-RR) e outros tantos políticos peemedebistas menos qualificados.   
  
O próprio presidente da república interino Michel Temer, segundo o ex-presidente da Odebrecht, o engenheiro Marcelo Odebrecht recebeu da sua construtora quase 30 milhões de reais em dinheiro não contabilizado.  
Postar um comentário