quarta-feira, 16 de novembro de 2016

A poesia de Jorge de Lima



Mulher proletária


Mulher proletária — única fábrica
que o operário tem, (fabrica filhos)
tu
na tua superprodução de máquina humana
forneces anjos para o Senhor Jesus,
forneces braços para o senhor burguês.


Mulher proletária,
o operário, teu proprietário
há de ver, há de ver:
a tua produção,
a tua superprodução,
ao contrário das máquinas burguesas
salvar o teu proprietário.


JORGE DE LIMA foi um político, médico, poeta, romancista, biógrafo, ensaísta, tradutor e pintor alagoano.
Postar um comentário