segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Maranhão Visto de Cima hoje no +Globosat



O programa O Brasil Visto de Cima que será levado ao ar hoje no +Globosat, às 21h00 continua mostrando as belezas de um dos mais ricos estados brasileiros em termos de turismo, cultura e terras agricultáveis.

O primeiro programa O Brasil Visto de Cima, começou mostrando ao Brasil, o enorme potencial turístico da Chapada da Mesas, localizado nos municípios de Carolina e Riachão (na região tocantina), a Usina Hidrelétrica de Estreito, (localizada no município homônimo) e a fronteira agrícola do município de Balsas (na atualidade um dos maiores produtores de soja e milho do país).

O segundo programa O Brasil Visto de Cima, na sua viagem panorâmica pelo estado do Maranhão, mostrou a Bela Ilha de São Luís do Maranhão, onde estão localizados os municípios de São Luís, Raposa e São José de Ribamar, com as suas praias belíssimas e o seu riquíssimo patrimônio histórico.

O terceiro programa dessa série vai mostrar vai mostrar as praias da região leste, seus manguezais (berçário de peixes), com destaque para os Lençóis Maranhenses e provavelmente o Delta do Parnaíba, que pertence aos estados do Maranhão e Piauí.  

As belas praias do Maranhão são desconhecidas, subestimadas e desprestigiadas pelas pessoas que só procuram as batidíssimas praias "de água azul e coqueirais a perder de vista", facilmente encontradas em outras praias do Nordeste do Brasil e em outras praias do mundo, mas isso não quer dizer que as nossas praias sejam menos bonitas e atraentes. Se por um lado perdemos em belezas clichê, convencionais e comuns, ganhamos de sobra em exuberância (é o litoral mais verde do Brasil devido principalmente à abundância e extensão dos manguezais), ineditismo, exotismo e nível de preservação. As praias maranhenses ostentam, no mínimo, uma beleza tropical diferente, única e exótica, apresentando enorme potencial para atividades de lazer, recreação, turismo de sol e praia e ecoturismo.

Postar um comentário