quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

O STF fez gol contra e Renan venceu



O Supremo Tribunal Federal (STF) ao derrotar o ministro Marco Aurélio Mello tarde/noite de ontem, derrotou a si mesmo e ainda por cima fortaleceu um político que a maioria expressiva do povo brasileiro detesta e considera persona non grata, o senador e presidente do Senado, José Renan Vasconcellos Calheiros.

A imagem do STF depois desse referendo que resultou na vitória do peemedebista Renan Calheiros é a pior possível e na próxima pesquisa de opinião pública esse poder deverá aparecer em último lugar em nível de confiança do brasileiro, trocando de posição com o Poder Legislativo.  

O ministro Marco Aurélio Mello no seu voto como relator do pedido de liminar (decisão provisória) do partido Rede de Sustentabilidade para que o presidente do senado fosse afastado, alertou a sociedade brasileiro para o que ele classificou com acordão, acomodação e jeitinho brasileiro -que tinha sido montado para manter Renan Calheiros no cargo. O que de fato veio a acontecer.  

O STF derrotou a si mesmo ao derrotar um dos seus membros e como o senador Renan Calheiros saiu fortalecido desse lamentável episódio, ele deverá colocar logo em votação o projeto de lei contra o abuso PROJETO DE LEI DO SENADO nº 280, de 2016. Tomara que esse projeto seja aprovado!

Postar um comentário