segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Só Deus poderá salvar o Brasil



Renan Calheiros tripudiou do STF

E como Deus não existe, pelo menos na forma como a Bíblia nos apresenta, esse ser sobrenatural, fica bastante evidente que o Brasil não tem jeito. É daqui para uma tragédia ainda maior, porque as nossas classes políticas e dirigentes não estão comprometidas com uma saída para uma série de crises que estão empurrando este país para um abismo profundo.
 
São muitas as crises que empurram este país para o fundo do poço, mas dentre todas, as mais graves são as de natureza ética e moral. Crises essas provocadas pelos poderes Executivo e Legislativo. Os escândalos do Mensalão e do Petrolão que não me deixam mentir. A propósito, o comandante-geral do Exército, general Eduardo Villas Boas, acaba de afirmar que o Brasil padece de duas graves crises: uma moral e outra ética. 

E para complicar ainda mais um quadro já bastante conturbado, eis que no apagar das luzes deste ano, uma nova crise se instala no coração do poder, uma crise de natureza institucional, provocada pelo presidente do Senado, o réu, senador Renan Calheiros (PMBD-AL) que humilhou o Poder Judiciário, ao se negar a obedecer uma decisão do ministro do STF, Marco Aurélio Mello e ignorar o papel do oficial de justiça encarregado de lhe entregar a notificação do seu afastamento da presidência dessa casa.

Por Divino Pai Eterno do Espírito Santo da Anunciação

Postar um comentário