terça-feira, 3 de janeiro de 2017

O governo Temer tenta sair das cordas

Esse é o “timaço” de Michel Temer. Kkkk!


O governo Temer tenta sair das cordas. O governo Temer está preso e encurralado nas suas próprias artimanhas.

Já foi dito aqui e o povo brasileiro está “careca de saber” que o momento brasileiro é de extrema gravidade, sobretudo, porque o governo que ai está não goza da confiança da maioria expressiva sociedade brasileira – que o vê como ilegítimo, embora a mudança de governo tenha se dado em conformidade com a Constituição Federal.

A ilegitimidade do governo Temer na visão do povo brasileiro se caracteriza pela continuidade dos governos Lula e Dilma Rousseff, uma vez que o governo Temer é formado por ex-integrantes dos governos anteriores.

A economia brasileira sob Temer parece dar sinais de uma breve recuperação. Uma recuperação ilusória e enganosa, porque a queda da inflação se dá em função de uma profunda recessão que já acabou com mais de 12 milhões de empregos formais. Uma melhoria nos índices econômicos que revela uma falsa aparência, porque ela acontece em função de uma elevada taxa de juros. Juros altos praticados para atrair e manter o capital bumerangue estrangeiro.

O breve governo Temer não conseguirá tirar o país do atoleiro em que se encontra, porque é um governo formado por viciados em poder e que seguem rigorosamente a máxima de São Francisco de Assis que diz na sua oração: “Pois, é dando que se recebe”. 

É inegável que no Palácio do Planalto foi montado um novo balcão de negócios, onde o governo Temer troca votos (apoio) pela liberação de emendas e outros quejandos.
Me arrisco a dizer que o governo Temer não emplacará o ano de 2018. Quem viver verá!

Postar um comentário