segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

O povo brasileiro já se acostumou a viver de promessas

Charge de Péricles Maranhão (Memória)


O que o povo brasileiro tem em comum com os santos? Viver de promessas. É que entra governo e sai governo e a vida do povo brasileiro só muda para pior. Não por falta de promessas, mas por falta de compromisso com a palavra empenhada.

Quem ouve os discursos dos nossos candidatos em palanques e nos discursos de posse, após ser eleito o presidente, o governador ou prefeito, é capaz de acreditar piamente nas palavras demagógicas e nos discursos vazios dos nossos governantes.

O político brasileiro tem plena consciência de que se falar honestamente ao potencial eleitor, dificilmente ele se elegerá, porque o povo, sobretudo o mais humilde e o menos esclarecido, gosta mesmo é de ser enganado, não por culpa sua, evidentemente, mas, por culpa do sistema político que prioriza a sua ignorância, o que o impede de ter consciência sobre a verdadeira natureza da nossa classe política. A ignorância na qual é mantido o povo pobre e humilde no Brasil é parte de uma política que é pensada para manter o status quo, ou seja, o passado sempre presente.  

Em Tempo:

Nós somos um povo bruto, do tipo que se ufana de ter empregados domésticos e do político que se realiza ao acumular riquezas quando no exercício do poder. Não é à toa que o político pobre ao ascender ao poder, a primeira coisa que faz e adquirir logo um carrão para ostentar e causar. Isso é próprio de zé povinho, de um povo do terceiro mundo.  
Postar um comentário