segunda-feira, 24 de abril de 2017

O PT no poder fez opção preferencial pelos malfeitos



O Partido dos Trabalhadores (PT) é um partido em avançado estado de decomposição, haja vista, o seu envolvimento nos maiores escândalos de corrupção já verificados neste país. O mal cheiro exala das entranhas do PT, um partido que foi idealizado e construído sob a égide de princípios morais e éticos rígidos, como defende a Igreja Católica, a maior apoiadora dos movimentos sociais que contribuíram para a criação desse partido que nos seus primórdios pregava a redenção, a moralização o fim da miséria absoluta no país. O que acabou desistindo e mudou de opção política.   

O PT no governo e no pós governo não passa de um arremedo do que foi esse partido no passado, antes de ser alçado ao poder. No Poder o PT se descaracterizou tanto que se assemelhou aos partidos tradicionais que antes criticava e condenava.

Hoje, os verdadeiros petistas se sentem desconfortáveis num partido que em nada difere do PMDB, PSDB, PP, PSDB, PTB e DEM. O PT mudou tanto que está irreconhecível.

Os programas sociais dos governos petistas, foram transformados em verdadeiros trampolins políticos, porque assumiram caráter assistencialista e clientelista.
Postar um comentário