terça-feira, 23 de maio de 2017

A poesia segundo Tomazia Arouche



Nós somos apenas números

Nós somos números nos bancos, nós somos números numerais, números decimais, números inteiros, números fracionários, número múltiplos e números divisíveis por 2, por 3, por 4 e etc, etc.

Nós somos números na RG, no CPF, no Título Eleitoral, no cartório, no necrotério e no cemitério.

Nós fomos transformados em números desumanizados, despersonalizados e sem rosto.

Nós somos números na numeração da rua, nas notas fiscais dos fornecedores de água e luz.

Nós somos também “senha” na relação com gerentes das empresas com as quais nos relacionamos.
Postar um comentário