quarta-feira, 24 de maio de 2017

“Me segura que senão eu caio”



Sujeito a chuvas e trovoadas, o presidente da república Michel Temer, anda implorando aos partidos da base aliada do seu governo - que não retirem o seu apoio, porque senão o seu governo cai imediatamente.

Até aqui esse apelo vem surtindo efeito, porque ainda não houve uma debandada, o que garante uma sobrevida ao governo Temer. Um governo que não tem nem 10% de apoio popular, como revelou o resultado da última pesquisa.

Temer é um governante impopular, porque inconfiável, porque a sua biografia não ajuda e principalmente, porque o seu partido é visto como useiro e vezeiro na prática de corrupção.

O governo Temer está sendo mantido artificialmente, porque não tem apoio popular e porque está completamente contaminado. Sandro Mabel é o quarto assessor de Temer a deixar o governo.
Postar um comentário