quarta-feira, 3 de maio de 2017

Um grande balcão de negócios e voto tem compensação

"O Brasil está como o Diabo Gosta e nele os políticos corruptos  nadam de braçadas". (Tomazia Arouche)
  
O presidente Michel Temer e a sua equipe de governo, transformaram o Palácio do Planalto num grande balcão de negócios, na maior sem cerimônia, sem nenhum pudor e sem respeito aos cargos que ocupam.

A demissão de correligionários dos deputados que votaram contra a reforma trabalhista é uma reação do governo no sentido de intimidar os deputados que ameaçam votar contra a reforma previdenciária.

A prática do toma lá dá cá, que nos governos anteriores era feita com certo constrangimento, sob o governo Temer é feita de maneira descarada e sem se preocupar com a desonra e o ridículo. Os assessores da presidência falam sobre essa prática nada republicana, sem nenhum tipo de constrangimento, como trocar apoio por voto fosse a coisa mais natural do mundo e não implicasse em quebra de confiança e falta de respeito para com o povo brasileiro.

O Brasil que já vinha esculhambado, sob o governo Temer, virou de ponta cabeça, perdeu qualquer noção de honra, ético e moral. Se transformou numa verdadeira casa da Mãe Joana que significa um lugar de licenciosidade, um lugar ou situação onde vale tudo, sem ordem, onde predomina a confusão, a defesa de interesses particulares ou grupo, a balburdia e a desorganização.  

Este é um país que caminha celeremente para o abismo e para uma tragédia anunciada. Pobre de nós, povo brasileiro!
Postar um comentário