sexta-feira, 9 de junho de 2017

A crônica da vitória anunciada de Temer


A vitória do presidente da república Michel Temer no julgamento da chapa Dilma-Temer, por incrível que pareça, interessa aos três maiores partidos brasileiros: o PMDB, PSDB e PT. Nesta ordem.   

Ao PMDB interessa a vitória da chapa Dilma-Temer, porque esse partido permanecerá no governo até o final do mandato de Dilma Rousseff ou até o afastamento de Temer através de um impeachment ou da cassação do seu mandato pela Câmara Federal. Duas hipóteses improváveis, haja vista, essa casa do Congresso Nacional ser governada por um aliado de Temer. 

Ao PSDB interessa a permanência de Temer no governo, porque o partido de Aécio Neves faz parte desse governo com seis ministros e já está comprometido com o governo do PMDB até a medula, o que faz com que dificilmente os tucanos consigam se livrar da imagem de colaboradores e parceiros do PMDB de um governo que está se arrastando e agonizando.

Ao PT interessa a continuidade do governo Temer até o fim do mandato de Dilma Rousseff, porque quanto mais tempo durar esse governo, mais chance o PT terá de voltar ao governo. Isto é, se Lula conseguir se livrar das garras da Operação e permanecer elegível até 2018.

O silêncio do PT no concerne a esse julgamento que neste momento está ocorrendo no TSE e o interesse do PSDB pela vitória da chapa Dilma-Temer, o PSDB que patrocinou uma ação pedindo a cassação dessa chapa, é bastante eloquente.

O PT, o PSDB e o PMDB são capazes de tudo para conquistar e permanecer no poder. Até mesmo jogar contra os interesses do país. 
Postar um comentário