Google+ Badge

Google+ Badge

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

A juçara (açaí) no MA é produzida em escala comercial


O Maranhão é um dos grandes produtores de açaí, com a ocorrência desse fruto em quase todo o estado, mas a região do Alto Turi e Arari, respondem pela maior produção desse fruto, que é  quase toda exportada para o estado do Pará. No município de Arari já está sendo produzido açaí em terra firme o que fará com que esse seja produzido o ano inteiro.

O açaí (Euterpe olereacea Mart.), mais conhecido no estado do Maranhão como juçara é um produto alimentar típico do Brasil. A palmeira está distribuída no baixo Amazonas, Maranhão, Tocantins e Amapá, alcançando as Guianas e a Venezuela. A sua área é estimada em um milhão de hectares. Por sua cor roxa escura, seu sabor exótico, sem nota doce, somados ao apelo de ser um produto nutracêutico ganhou o interesse de consumidores do mundo inteiro. Pouco, entretanto, já foi feito em termos de comprovação científica de suas propriedades funcionais e antioxidantes.
O extrativismo do açaí é uma atividade típica da agricultura familiar. É demandante de mão-de-obra e exige muita habilidade para o manejo e colheita dos frutos. É fonte principal de renda dos agricultores. Cerca de 80% do açaí é obtido de extrativismo, enquanto apenas 20% provêm de açaizais manejados e cultivados.

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa Amazônia Oriental tem pesquisado os sistemas de produção do açaí e promovido seu melhoramento. Essa desenvolveu um conjunto de técnicas para o manejo do açaí nativo, reconhecidas e aceitas para aplicação em áreas de proteção ambiental. Fez seleção massal  e lançou uma variedade de açaí para cultivo em terra firme, tanto em regime de produção solteira quanto em consórcios.
O conjunto de trabalhos tem permitido ao Estado do Pará (em especial) responder ao aumento da demanda pelo consumo do açaí sem prejudicar o consumo local e a segurança alimentar das populações ribeirinhas e tem permitido ao agricultor quase que duplicar a renda com a atividade.
Neste ambiente, o Banco do Brasil, juntamente com seus parceiros institucionais tem direcionado suas ferramentas de negócios e de desenvolvimento para o fomento à referida cadeia produtiva.

Em 2008 o Brasil produziu quase 121 mil toneladas de açaí.  Os principais Estados produtores foram o Pará, o Maranhão e o Acre, sendo que o Pará foi responsável por 89% da quantidade produzida no País.

O cultivo de açaí em terra firme 

Segundo a Embrapa, dados de 2006, para o cultivo de açaí em terra firme, há várias possibilidades de consórcios, tal como o de culturas anuais como a do feijão caupi, milho e mandioca ou macaxeira (durante o 1º ano), e semiperenes como maracujazeiro, bananeira, mamoeiro e abacaxizeiro (até o 3º ano). Essas práticas permitem a redução dos custos de implantação dos açaizais. O açaizeiro também pode ser consorciado com espécies perenes, como cupuaçuzeiro, cacaueiro e cafeeiro. Os arranjos espaciais das culturas consorciadas podem, ainda, permitir o plantio de 20 a 25 essências florestais por hectare, contribuindo para recuperar, preservar e valorizar o ecossistema.

No caso do açaí de solos de várzea e igapós, há a possibilidade do manejo, do enriquecimento e do replantio de áreas degradadas com o açaí e espécies frutíferas e ou florestais. No caso de áreas de várzea baixa, cujos solos permanecem quase sempre inundados, é recomendado o enriquecimento por meio do manejo das touceiras de açaizeiro existentes, pois o plantio e a manutenção de outras espécies são praticamente inviáveis. Neste caso, a renda auferida pela extração do palmito dos perfilhos retirados é expressiva para os agricultores e ocorre justamente na época da entressafra do fruto. Os municípios produtores de açaí são, em sua maioria, produtores de palmito.

No estado do Maranhão, até na região Leste desse Estado, mais precisamente no município de Passagem Franca, se verifica a ocorrência de juçara, por ser um município com muitos riachos, brejos e lagoas. O ambiente propício o cultivo desse fruto, que nessa região e nativo. 
O Maranhão realiza as festas da Juçara do Maracanã e da Lagoa da Jansen em São Luís
Postar um comentário