segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

O PSDB no PI sem nenhum pudor se oferece ao PT

Wellington  Dias tendo à sua esquerda Firmino Filho
Como dizia o ex-governador e ex-banqueiro mineiro Magalhães Pinto, a política é como uma nuvem que uma hora se apresenta num formato, para logo em seguida se apresentar em outro. Assim como se diz que a política é muito dinâmica.

Passada as eleições federal e estadual, logo a seguir o prefeito de Teresina, Firmino Filho começou a se insinuar para o governador eleito Wellington Dias no sentido de formar uma parceria entre o Palácio da Cidade e o Palácio de Karnak, ou seja, ente o PT e o PSDB piauiene. Desnecessário dizer que essa iniciativa do prefeito não foi bem recebida por parte do diretório estadual e nem pela Executiva Nacional do PSDB que não aceitam fazer aliança com o seu arqurrival.

Uma ala do PSDB tenta se aproximar do PT piauiense numa busca desesperada por recursos federais, capazes de salvar uma administração ruinosa, desastrosa e medíocre que nesses dois primeiros anos de mandato não realizou nenhuma grande obra e vive de vender uma imagem que não corresponde à realidade.

Ingenuamente o governador do PT faz o jogo de Firmino Filho, alimentando uma falsa ilusão no prefeito, uma vez que o Palácio do Planalto não endossará a formação de uma parceira entre o PT e o PSDB em nenhum estado ou município brasileiro. 

Siga o blog Dom Severino no Twitter, no Facebook e no PortalAz
Postar um comentário