quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Desaceleração da economia chinesa assusta o resto do mundo



Com o segundo motor da economia mundial engasgando, o resto mundo passou a respirar com dificuldade, porque foi a República Popular da China que com o seu crescimento exuberante, quando da crise financeira internacional que evitou o colapso da economia mundial.

A China ao pisar no freio e se voltar para o seu mercado interno deixou de ser o maior importador de commodities (ferro, soja e petróleo) e isso está tendo um reflexo muito forte, sobretudo nas economias periféricas, leia-se: os países emergentes, como Brasil, Rússia, Índia e a África do Sul.

O Brasil que só a gora está sentindo os reflexos de uma crise financeira internacional que começou em 2007, está seno duramente afetado pela perda do mercado chinês.

Mas, os jornalistas e economistas da TV Globo, Globonews, Rede Band, Band News e outras grandes redes não conseguem ver na crise financeira brasileira, o reflexos da contração da economia mundial.

Joachim Arouche
Postar um comentário