quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Quem tem medo de Eduardo Cunha?

Quem tem medo de Eduardo Cunha? Muita gente no Brasil, inclusive algumas autoridades. O presidente da Câmara Federal vem desafiando as nossas autoridades e levando pânico ao Palácio do Planalto e que acaba de afirmar que mesmo que vire réu no processo que corre no STF contra ele, não deixará a presidência da casa que preside, em qualquer circunstância.

No processo que o Conselho de Ética abriu contra Cunha, a tropa de choque desse parlamentar fluminense vem usando de todos os artifícios para impedir que esse projeto seja concluído. O último, colocado em prática pelos aliados do presidente da Câmara Federal, foi a anulação da aprovação, pelo Conselho de Ética, do parecer do deputado Marcos Rogério (PDT-RO) pela continuidade do processo que investiga Cunha.

O Palácio do Planalto, em várias oportunidades, demonstrou interesse pela não continuação do processo contra Cunha no Conselho de Ética dessa casa do Poder Legislativo - só se decidindo pela continuidade do processo após o presidente da Câmara ter acolhido o pedido de impedimento da presidenta Dilma Rousseff.

O poder de Eduardo Cunha parece ser imperial porque ele desafia o Palácio do Planalto, leia-se Poder Executivo, o Ministério Público Federal (MPF) e o Poder Judiciário.
Postar um comentário