segunda-feira, 6 de março de 2017

O brasileiro só é solidário no carnaval

A embriaguez faz de cada brasileiro, um indivíduo perdulário, esbanjador, mão aberta. É que todo bêbado é rico, embora não sendo. Mesmo sem dinheiro o pobre se embriaga, porque sempre existe alguém que lhe ofereça um trago.

O brasileiro só é solidário no carnaval, bem entendido, para quem brinca como ele, porque fora da folia, no mundo real, onde mais de 12 milhões de brasileiros estão desempregados, não existe solidariedade nenhuma.

O povo brasileiro tem um caráter pusilânime e só se interessa pela alegria, mesmo que essa alegria seja mórbida, enfermiça. Uma alegria movida por um desejo de fuga, de uma realidade cruel e perturbadora. 

Se nós fossemos um povo solidário, nós não teríamos motivos para participar de uma festa monumental, grandiosa e que paralisa o país por mais de uma semana. Um período que o país deixa de produzir e consome muita energia humana e riqueza.

Viva o carnaval e o povo brasileiro! A gente sofre, mas se diverte.
Postar um comentário