sábado, 8 de julho de 2017

O "Aeromorto" de São Raimundo Nonato não funciona



O Aeroporto ("Aeromorto") de São Raimundo Nonato é como um paciente em coma, que todo mundo sabe que existe, mas que não funciona.

Esse novo nome que foi dado ao Aeroporto da Serra da Capivara é de autoria do ex-vereador Carlito Procópio. Usado pela primeira vez numa entrevista concedida ao programa Factorama. Um nome irreverente, bem ao estilo desse ex-parlamentar, que é um crítico desse sítio portuário que desde que entrou em funcionamento, só tem recebido aeronaves do governo do estado e as empresas que se aventuraram no negócio de exploração dessa linha aérea, desistiram da empreitada por absoluta falta de demanda.

Em discurso feito da tribuna da Câmara, o deputado federal Paes Landim (PTB-PI), falou sobre a visita de diplomatas europeus ao Parque Nacional Serra da Capivara. Da tribuna Paes Landim fez um pedido ao ministro Moreira Franco, para que sejam adotadas providências no funcionamento do Aeroporto Internacional da Serra da Capivara. Do monumento de São Raimundo Nonato.

Sem uma política forte de parte dos governos federal e estadual, esse aeroporto nunca entrará em funcionamento regular, porque nenhum empresário do setor de transportes aéreos investirá num negócio sem nenhuma perspectiva do retorno do investimento feito. Não existe almoço grátis, dizem os economistas e essa é a mais pura verdade.

Sobre ao aeroporto de São Raimundo Nonato, o jornalista William Waack disse o seguinte: “Soa voa lá urubu”.
Postar um comentário