terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Perda de favoritismo de Eduardo Cunha anima o PT

Perda de favoritismo de Eduardo Cunha anima o PT que já trabalha com a perspectiva de segundo turno

O Palácio do Planalto começa a respirar aliviado, com a perda de favoritismo do deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na disputa pela presidência da Câmara Federal que vinha muito bem até o momento em que o deputado federal Júlio Delgado (PSB-MG) lançou-se candidato à presidência da Câmara Federal. De lá prá cá, o peemedebista vem perdendo votos que já considerava consolidados.

Para alguns analistas políticos, o racha na base aliada provocada pelo PMDB que resolveu bancar a candidatura de Eduardo Cunha, contra a vontade do vice-presidente da república e presidente nacional do PMDB, Michel Temer favorece a candidatura de Arlindo Chinaglia e até mesmo de um terceiro nome. O mineiro Júlio Delgado corre por fora e poderá ser uma grande zebra. O que para o governo é melhor do que uma eventual vitória de Eduardo Cunha, haja vista, o PSB já vir trabalhando uma reaproximação com o seu aliado histórico, o PT.
Siga o blog Dom Severino no Twitter, no Facebook e no PortalAz
Postar um comentário