sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Dilma Rousseff para ganhar sobrevida vendeu sua alma



Sobrevida significa o prolongamento da vida de alguém até certo limite. Isso quer dizer que a presidenta Dilma Rousseff não está a salvo do impeachment ou de ser obrigada a apelar para um pedido de renuncia.

O PMDB ao ser atendido no seu pedido de maior participação no governo da presidenta Dilma Rousseff alivia a pressão sobre o Palácio do Planalto e dá alguma garantia à presidenta Dilma Rousseff de que os seus vetos serão mantidos e aumenta a chance do ajuste fiscal ser aprovado.

Essa garantia fica evidente, porque o novo ministro da Ciência e Tecnologia, o deputado federal Celso Pansera (PMDB-RJ) é da cota pessoal do presidente da Câmara Federal e assim como o futuro ministro da Saúde, o deputado federal Marcelo Castro (PMDB-PI) foram avalizados pelo líder do partido na Câmara Federal, o deputado Leonardo Picciani - que integra a tropa de choque de Eduardo Cunha.

Eduardo Cunha que vinha dando uma de algoz da presidenta Dilma Rousseff e que diante das fortes evidencias de que foi atingido pela Operação Lava-Jato, resolveu ceder e negociar com o Palácio do Planalto.

Marcelo Castro entrou na cota do 'baixo clero' e por ter tido a coragem de peitar o Todo Poderoso Eduardo Cunha. 

Siga no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino
Postar um comentário