terça-feira, 20 de outubro de 2015

“Farinha do mesmo saco: PMDB + PT”

PMDB e PT: "Juntos e misturados"


“E os peemedebistas sem conta na Suíça e sem ministério na Esplanada estão desconfortáveis com o nivelamento por baixo”. (jornalista Josias de Souza)

É cínico todo aquele que considerar o PMDB uma alternativa ao Partido dos Trabalhadores (PT) no comando do país. É que em matéria de ‘lambança e de falta de respeito’ para com a sociedade brasileira, ambos os partidos são iguais.

Se o PT tem na cadeia um dos seus fundadores e ex-presidente José Dirceu e João Vaccari Neto, um ex-tesoureiro do partido; o PMDB por sua vez tem o presidente da Câmara Federal e o presidente do Senado sendo investigados pela Policia Federal (PF) e pelo Ministério Público Federal (MPF). Isso nivela por baixo esses dois partidos que dividem o poder.  

O PMDB não tem como negar sua participação nos dois governos da presidenta Dilma Rousseff, porque Dilma Rousseff teve e tem como seu vice-presidente Michel Temer, vários ministros e várias centenas de peemedebistas no segundo e terceiro escalões. Como negar a divisão de poder?

Siga  no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino 
Postar um comentário