terça-feira, 24 de novembro de 2015

A imoralidade consentida



O deputado federal Sibá Machado (PT-AC) é um parlamentar que não poupa elogios ao seu presidente


Tudo de imoral que acontece neste país, conta com a complacência de todos os brasileiros. Ocorre que o povo nascido em Pindorama, foi domesticado pelas nossas elites para sofrer calado e a aceitar todos os malfeitos praticados pelas nossas autoridades, com uma resignação bovina.

Aqui e ali de repente surgem espasmos inconsequentes de manifestações de desagrado para com os poderes constituídos, mas assim como surgiram essas manifestações, elas desaparecem sem que as revoltas demonstradas em atos públicos resultem em reformas que mudem a cara do país. Querem um exemplo? Em 2013 o país foi tomado de Norte a Sul por manifestações que reuniram milhões de brasileiros nas ruas e praças e o que tivemos a partir dessas manifestações foi o recrudescimento da corrupção, a paralisia do Congresso Nacional e a indiferença da máquina do governo federal.

Muita gente, assim como eu, chegou a acreditar que após essas megas manifestações, o país iria ‘parir’ grandes reformas, como a tão almejada e necessária reforma política. A mãe de todas as reformas e o resultado foi igual à zero.

O povo brasileiro movido pelo seu espírito cordial, espera que o país mude para melhor pela vontade divina, mas, como o sobrenatural não existe, este país só consegue avançar no campo da imoralidade e da desfaçatez que são coisas dos homens.

Agora mesmo, este país acompanha bestificado ao show de cinismo e pouca vergonha que a Câmara Federal protagoniza ao permitir que o seu presidente use de filigranas regimentais para favorecê-lo, com o propósito de postergar a leitura do parecer do relator da comissão de ética que investiga a quebra de decoro parlamentar praticada pelo seu presidente. Eduardo Cunha age com o apoio de parlamentares que receberam ordem expressa para poupá-lo.

O Brasil, cá pra nós, definitivamente não e um país sério. Quando nós calamos e silenciamos diante de atos imorais e nada republicanos, nós consentimos com esse estado de coisas.

Siga  no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino

Postar um comentário