sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Fausto Pinato pode fazer história



O até bem pouco tempo um ilustre desconhecido, o deputado federal Fausto Pinato (PRB-SP) ao ser escolhido para ser o relator do processo de cassação do presidente da Câmara Federal, o deputado fluminense Eduardo Cunha, foi alçado à condição de parlamentar com dimensão nacional.

Para entrar para a história do Brasil como o deputado federal responsável pela cassação de um dos políticos mais poderosos e temidos do país, o deputado federal Fausto Pinato só depende de muita ousadia e de senso de oportunidade e uma pequena dose de patriotismo.

Vice-presidente do Conselho de Ética, Pinato foi eleito deputado federal na eleição do ano passado com apenas 22 mil votos. Natural de Fernandópolis (SP), ele entrou no Legislativo federal na esteira dos votos do deputado Celso Russomano (PRB), campeão de votos em São Paulo. Esse parlamentar eleito com o menor número de votos do estado de São Paulo foi premiado com a sorte grande da política.  

A propósito: a decisão que Pinato tomar com relação ao deputado federal Cunha poderá repercutir favoravelmente ou não na candidatura de Celsa Russomano à prefeitura da cidade São Paulo. Se for favorável à cassação de Cunha, a sua decisão repercutirá favoravelmente na eventual candidatura de Russomano, caso contrário terá um efeito negativo. Nesse caso o seu partido vai querer que ele fique com o anseio da sociedade brasileira que é exorcizar Cunha da política nacional.

Siga  no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino
Postar um comentário