quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Temer se acomodou às circunstâncias e recuou



Michel Temer se rendeu aos argumentos do Palácio do Planalto e as manifestações das ruas, que não querem vê-lo no poder e recuou.

Com medo de perder os anéis e os dedos, o vice-presidente da república Michel Temer mudou o seu discurso e disse no dia de hoje, num encontro de peemedebistas em Curitiba, que o PMDB deseja governar o país a partir de 2018.

Michel Temer tentou de todas as maneiras tomar o poder, até mesmo tramando contra o governo do qual faz parte. E como não conseguiu convencer o país sobre as suas reais intenções, resolveu adiar seu projeto de chegar ao poder ainda em 2016 e mudou o seu discurso.

Para o presidente nacional do PMDB, perder os anéis e os dedos significa perder a reeleição para presidente nacional do PMDB e não conseguir assumir o governo em substituição à presidenta Dilma Rousseff. A primeira hipótese está sob ameaça e a segunda hipótese já foi descartada completamente.

Sebastião Rufino da Silva Souza
é etnólogo
Postar um comentário