sexta-feira, 24 de junho de 2016

De ressaca após uma noitada de festeja junina


Na região Nordeste, a festa mais popular é o festejo junino, uma festa que no estado do Maranhão, dura mais de um mês e envolve todo o estado e todas as classes sociais. 

A festa da qual participei na noite de ontem, foi animada pelo Bumba Meu Boi do Maranhão e pelo saudoso e imortal Luiz Gonzaga, que graças à ciência e à tecnologia, permanece vivo na memória e nas festas dos nordestinos e quiçá do povo brasileiro. As quadrilhas juninas também enriquecem essa grande festa.

Essa festa, aconteceu na residência do professor, radialista e jornalista Cesário Neto na cidade de São Raimundo Nonato. Uma festa animada pelo saudoso Papete, pelos bois Riso da Mocidade (Teresina), Boi da Mocidade de Rosário (MA) e pelo cantor e compositor da MPB, o paulista, mas com raízes piauienses Edvaldo Santana.

Uma festa regada a muita cerveja e muito mingau maranhense (mungunzá ou chá de burro para os cearenses) e comidas típicas da região.

Uma festa simples, mas, com muito calor humano e aconchego. 

Interprete: Papete. Autores: Alex Brasil, Zé Lopes e Gilvan Mocidade.
Postar um comentário