domingo, 4 de setembro de 2016

Renan Calheiros é o estereótipo do brasileiro


“É desproporcional suspender os direitos políticos de Dilma Rousseff depois da aprovação de seu impeachment”. (Frase do presidente do Senado Renan Calheiros que ao mesmo tempo que votou pelo impedimento da então presidenta Dilma Rousseff, votou também pela manutenção dos seus direitos políticos)

O senador Renan Calheiros (PMDB-AL) é tão ladino, que consegue andar com os pés em duas canoas simultaneamente e isso lhe permite sobreviver a todas as crises, porque todos lhes devem favores.

Nesse episódio do impeachment da presidenta Dilma Rousseff, o senador Renan Calheiros prestou um grande serviço ao PMDB ao admiti-lo e na reta final desse triste e lamentável episódio, ele prestou também um inestimável serviço ao PT.   

Alguns dos algozes de Dilma morderam e sopraram, ou seja, votaram pela sua cassação, ao mesmo tempo que votaram pela manutenção dos seus direitos políticos.

Como ninguém sabe sobre o dia de amanhã, Renan Calheiros, sempre opta por servir a Deus e ao Diabo. Esse senador alagoano que tem muitas pendências na justiça.  

Abaixo segue as listas dos senadores que votaram pela cassação de Dilma e pela manutenção dos seus direitos políticos.

A FAVOR DO IMPEACHMENT (61)

Acir Gurgacz - PDT-RO
Aécio Neves - PSDB-MG
Aloysio Nunes - PSDB-SP
Alvaro Dias - PV-PR
Ana Amélia - PP-RS
Antonio Anastasia - PSDB-MG
Antonio Carlos Valadares - PSB-SE
Ataídes Oliveira - PSDB-TO
Benedito de Lira - PP-AL
Cássio Cunha Lima - PSDB-PB
Cidinho Santos - PR-MT
Ciro Nogueira - PP-PI
Cristovam Buarque - PPS-DF
Dalirio Beber - PSDB-SC
Dário Berger - PMDB-SC
Davi Alcolumbre - DEM-AP
Edison Lobão - PMDB-MA
Eduardo Amorim - PSC-SE
Eduardo Braga - PMDB-AM
Eduardo Lopes – PRB-RJ
Eunício Oliveira - PMDB-CE
Fernando Bezerra Coelho - PSB-PE
Fernando Collor de Mello - PTC-AL
Flexa Ribeiro - PSDB-PA
Garibaldi Alves Filho - PMDB-RN
Gladson Cameli - PP-AC
Hélio José - PMDB-DF
Ivo Cassol - PP-RO
Jader Barbalho - PMDB-PA
João Alberto Souza - PMDB-MA
José Agripino - DEM-RN
José Aníbal - PSDB-SP
José Maranhão - PMDB-PB
José Medeiros - PSD-MT
Lasier Martins - PDT-RS
Lúcia Vânia - PSB-GO
Magno Malta - PR-ES
Maria do Carmo Alves – DEM-SE
Marta Suplicy - PMDB-SP
Omar Aziz - PSD-AM
Paulo Bauer - PSDB-SC
Pedro Chaves – PSC-MS
Raimundo Lira - PMDB-PB
Reguffe – Sem Partido-DF
Renan Calheiros - PMDB-AL
Ricardo Ferraço - PSDB-ES
Roberto Rocha - PSB-MA
Romário - PSB-RJ
Romero Jucá - PMDB-RR. Ronaldo Caiado - DEM-GO
Rose de Freitas - PMDB-ES
Sérgio Petecão - PSD-AC
Simone Tebet - PMDB-MS
Tasso Jereissati - PSDB-CE
Telmário Mota - PDT-RR
Valdir Raupp - PMDB-RO
Vicentinho Alves - PR-TO
Waldemir Moka - PMDB-MS
Wellington Fagundes - PR-MT
Wilder Morais - PP-GO
Zezé Perrella - PTB-MG.


CONTRA A PERDA DE DIREITOS POLÍTICOS (36)

Acir Gurgacz - PDT-RO
Angela Portela - PT-RR
Antonio Carlos Valadares - PSB-SE
Armando Monteiro - PTB-PE
Cidinho Santos - PR-MT
Cristovam Buarque - PPS-DF
Edison Lobão - PMDB-MA
Eduardo Braga - PMDB-AM
Elmano Férrer - PTB-PI
Fátima Bezerra - PT-RN
Gleisi Hoffmann - PT-PR
Hélio José - PMDB-DF
Humberto Costa - PT-PE
Jader Barbalho - PMDB-PA
João Alberto Souza - PMDB-MA
João Capiberibe - PSB-AP
Jorge Viana - PT-AC
José Pimentel - PT-CE
Kátia Abreu - PMDB-TO
Lídice da Mata - PSB-BA
Lindbergh Farias - PT-RJ
Otto Alencar - PSD-BA
Paulo Paim - PT-RS
Paulo Rocha - PT-PA
Raimundo Lira - PMDB-PB
Randolfe Rodrigues - Rede-AP
Regina Sousa - PT-PI
Renan Calheiros - PMDB-AL
Roberto Muniz - PP-BA
Roberto Requião - PMDB-PR
Roberto Rocha - PSB-MA
Rose de Freitas - PMDB-ES
Telmário Mota - PDT-RR
Vanessa Grazziotin - PCdoB-AM
Vicentinho Alves - PR-TO
Wellington Fagundes - PR-MT. Alguns desses nomes constam nas duas listas.
Postar um comentário