sexta-feira, 25 de novembro de 2016

“Só o inimigo não trai nunca nossa confiança”



Amigos próximos do presidente da república Michel Temer, tem traído a confiança do principal mandatário da nação. Todos os ministros que deixaram o governo Temer, o fizeram pela pressão exercida pela sociedade brasileira, que não tolera mais o convívio com políticos antiéticos. 

A queda do agora ex-ministro Geddel Vieira Lima, representa um duro golpe para um governo, que mal se sustenta de pé, haja vista, a grave situação econômica, social, política e ética que o país atravessa neste momento e o grau de ilegitimidade de um governo que assumiu o poder em circunstancias questionáveis, por ser o PMDB um ex-sócio do Partido dos Trabalhadores (PT) nos governos Dilma Rousseff e corresponsável pelo rumoroso caso do Petrolão.

O clima hoje no Brasil é de quase anormalidade administrativa, uma vez que o governo Temer não tem apoio popular, não tem base social e o Deus Mercado já demonstra intranquilidade no que tange ao futuro do governo do PMDB.

O Brasil vive um momento particularmente difícil, porque a nossa classe política está desmoralizada e o povo brasileiro está saturado de tanta bandalheira e falta de espírito público dos nossos dirigentes.

Por Anthony-Isaac Silvestre de Sacy Souza
Postar um comentário