segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Temer busca apoio popular



Temer muda de posição ao se colocar contra a anistia do caixa dois, não porque seja bonzinho e que esteja preocupado com o país, mas por uma questão de sobrevivência política 

Governo fraco é governo sujeito a todo tipo de perturbação. Consciente dessa realidade é que o presidente da república Michel Temer, diante dos últimos acontecimentos, busca apoio de natureza popular, ao se posicionar contra a anistia ao caixa dois que alguns dos seus aliados queriam enfiar pela goela a dentro da sociedade brasileira.

A situação de Temer ficou quase insustentável depois que o ex-ministro da Cultura Marcelo Calero, denunciou o tráfico de influência no seu governo, que o presidente resolveu contrariar os interesses do presidente da Câmara Federal e do Senado, os maiores interessados em anistiar políticos que praticaram crimes eleitorais, se posicionando contra essa aberração e imoralidade que é anistiar que praticou de crimes eleitorais. 

Com essa sua decisão de barrar essa ignomínia, Temer tenta criar um clima mais favorável ao seu governo - que nos últimos dias vem tendo que administrar conflitos internos, provocados pelos seus amigos, além das crises de natureza política, econômica e política que emperram as ações do seu governo. 

Sem o mínimo de apoio popular, nenhum governo se sustenta por muito tempo.
Postar um comentário