domingo, 19 de março de 2017

Os fantasmas do presidente Temer são reais

O comendador e umbandista Wilson Nonato de Sousa (Bita do Barão)
Fantasma, na crença popular, é a alma ou espírito de uma pessoa ou animal falecido que pode aparecer para os vivos de maneira visível ou através de outras aparições. E foi o medo de fantasma que fez o presidente da república Michel Miguel Elias Temer Lulia, a abandonar o Palácio do Planalto, residência do presidente, segundo ele mesmo. Isso revela que Temer tem medo do sobrenatural. Só que o sobrenatural não existe.

O que o presidente Temer tem que temer mesmo, são os fantasmas reais, como por exemplo, os ministros Eliseu Padilha, Osmar Serrraglio, o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) e o advogado José Yunes - que criou um imbróglio muito grande para o seu dileto amigo, o presidente da república, ao prestar depoimento ao Ministério Público Federal (MPF) e nesse seu depoimento afirmar que foi “mula involuntária” de ministro Eliseu Padilha ao atender um pedido dele para receber no seu escritório, um envelope enviado pelo doleiro Lúcio Funaro.

Convivendo com fantasmas reais, Temer não se livrará de pesadelos diurnos, noturnos e visões assustadoras, seja no Palácio do Planalto ou do Buriti.

Temer precisa apelar para um Pai de Santo (maranhense) para levar alguns passes e tomar muitos banhos de descarrego.

O político José Sarney, graças aos seus guias espirituais, até aqui, sempre teve uma ascensão sem queda. 

Este blogueiro recomenda o mais reverenciado umbandista brasileiro Bita do Barão.
Postar um comentário