segunda-feira, 3 de abril de 2017

Condenar Dilma e incensar Temer é ridículo

Afirmei que o presidente tem de surfar na impopularidade. O que isso quer dizer? Algumas das coisas que só ele pode fazer pelo bem dos brasileiros não são exatamente populares”. (Reinaldo Azevedo)

O jornalista da revista VEJA Reinaldo Azevedo, ao afirmar que o presidente Temer tem que surfar na impopularidade pelo bem do povo brasileiro, comete um pecado de falsidade intelectual, porque esse governo que nós temos, não está a serviço do povo brasileiro, mas, a serviço do capital, pois sacrifica o trabalhador ao tentar aprovar um projeto que terceiriza o trabalho, que nada mais é que o aviltamento do próprio trabalho.

Isso sem falar na reforma previdenciária, que fixa a idade mínima de 65 anos para a aposentadoria de homens e mulheres. Pelas regras propostas pela governo Temer, o trabalhador que desejar se aposentar recebendo a aposentadoria integral, deverá contribuir por 49 anos.  O que praticamente acaba com aposentadoria no Brasil ou esse benefício só servirá para o servidor público que tem estabilidade no emprego.

Na iniciativa o empregado não tem estabilidade no emprego e quando é demitido leva alguns anos para se reinserir no mercado de trabalho, quando consegue. O que dificulta ainda mais atingir o tempo necessário para o trabalhador se aposentar.
Postar um comentário