segunda-feira, 17 de abril de 2017

A poesia segundo Lêdo Ivo

Perdas e Danos

Quem dorme perde a noite.
Foge da eternidade,
candelabro cativo
na escuridão do céu.

Quem dorme perde o amor,
a vigília madura
da carne que se sonha
a si mesma acordada.

Quem dorme perde a morte
que respira escondida
como a lebre no bosque.

Quem dorme perde tudo
que o acaso deposita
na mesa do universo.

Lêdo Ivo foi um jornalista, poeta, romancista, contista, cronista e ensaísta alagoano. Seu primeiro livro foi As Imaginações. Fez jornalismo e tradução.
Postar um comentário