segunda-feira, 15 de maio de 2017

De que adianta o político ganhar cargos e perder o mandato?


O governo Temer investe sem nenhum pudor sobre os deputados que irão votar contra ou a favor da reforma previdenciária. Uma reforma que é rejeitada por 83% da população brasileira.

O investimento que o presidente Michel Temer vem fazendo sobre os parlamentares da Câmara Federal está sendo feito na base do toma lá dá cá. Quando os argumentos do governo são insuficientes para convencer os deputados, esse governo parte para a pressão e a retaliação, ou seja, ameaça tomar os cargos que o parlamentar tem nesse governo.

Paralelo ao esse jogo de pressão sobre a base aliada, o governo investe sobre as emissoras de televisão, para que os seus comentaristas políticos e econômicos façam comentários favoráveis à reforma da previdência.

A propaganda institucional é outra arma que o governo vem utilizando para ganhar a população para sua causa. Uma causa que não conta com o apoio de 83% da população e é ai que reside o perigo da não aprovação de uma reforma que atende muito mais aos interesses do mercado do que da população em geral.

O que muitos políticos estão ponderando é sobre a possibilidade de manter os cargos no governo, mas em contrapartida, não se reelegerem em 2018, o que é muito provável que aconteça.       
Postar um comentário