quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Os melhores deputados estaduais do Piauí

Como são muitos os deputados estaduais, 30 para ser mais preciso, este blogueiro ao invés de avaliar todos os parlamentares individualmente preferiu escolher os 10 que mais se destacaram na legislatura que acaba no próximo dia 31 de janeiro deste ano, seja como tribuno ou como um deputado muito ligado as suas bases.  

1º lugar – deputado estadual Cícero Magalhães (PT). Esse parlamentar estadual se destacou nesses quatro anos pelo papel desempenhado como oposição aos governos Wilson Martins (PSB) e Zé Filho (PMDB). É o que se pode chamar de parlamentar aguerrido na tribuna e fora dela.  

2º lugar – deputado Hélio Isaías (PTB). Esse deputado ocupa essa boa colocação na avaliação deste blogueiro e dos seguidores deste blog, pela sua maneira discreta de agir nos bastidores, com poucas passagens pela tribuna é verdade, mas com uma forte atuação junto aos seus redutos eleitorais. Não é à toa que esse político já conseguiu três mandatos consecutivos, sempre com votações expressivas. Hélio Isaías é um deputado com uma disposição para servir fora do comum.  

3º lugar – a deputada estadual Margarete Coelho se destacou entre seus pares nesta legislatura, pela sua enorme capacidade de verbalização e capacidade convencimento. Uma deputada de primeiro mandato, mas que se conduziu sempre como uma veterana.

4º lugar – o deputado estadual Edson Ferreira (PSD), também se destacou pelo seu discurso bem construído, pela facilidade como se expressa e pela sua dedicação as suas bases eleitorais. Esse deputado que já vai para o seu quarto mandato consecutivo é indubitavelmente um dos mais bem preparados parlamentares piauienses. É o parlamentar da palavra fácil. Um excelente orador.

5º lugar – a deputada estadual Belê Medeiros (PSB) teve uma passagem brilhante pela Assembléia Legislativa do Piauí no seu primeiro mandato, como representante do sexo feminino e que assim como Margarete Coelho domina muito bem o vernáculo e é o tipo de parlamentar que convence pela maneira como se comunica com o eleitor.

6º lugar – Robert Rios (PDT) pelas suas certezas e convicções. É o parlamentar que pela sua contundência e firmeza naquilo que diz, é talhado para funcionar como oposição.

7º lugar – Fábio Novo (PT) por ser um homem da área de comunicação se comunica muito bem e se tivesse feito uma oposição mais firme, poderia ter se destacado mais.

8º lugar – o deputado João de Deus (PT) só não se destacou mais nesta legislatura, porque ao contrário do seu companheiro de partido, o deputado Cícero Magalhães preferiu fazer uma oposição suave. O que não combina com um petista. Isso talvez explique a sua não eleição em 2010 e 2014. Uma pena porque trata-se de um bom parlamentar.

9º lugar – O deputado Evaldo Gomes (PTC) em que pese ser um parlamentar de primeiro mandato, se saiu a contento pela maneira como fez a defesa dos projetos de sua autoria e as causas que defendeu. Uma grata surpresa. Só não tem o dom da oratória.

10º lugar – Luciano Nunes (PSDB) é um político com atuação sempre muito discreta, mas que transmite confiança e que quando faz oposição, o faz de maneira muito responsável.

Os demais parlamentares que formam a ALEPI e que não constam aqui desta relação de políticos que conseguiram se destacar no quadriênio 2010-2014 estão num mesmo patamar, ou seja, passaram esses quatros anos numa área de relativo conforto. 

Siga o blog Dom Severino no Twitter, no Facebook e no Portalaz
Postar um comentário