sexta-feira, 8 de maio de 2015

O nosso triangulo das Bermudas

O triangulo das Bermudas é uma região do nosso planeta reconhecida como muito perigosa, porque, coisas extraordinárias costumam acontecer, como por exemplo, sumir, desaparecer navios e aviões de maneira inexplicável. Já o nosso Triangulo das Bermudas é formado por políticos, donos de empreiteiros e executivos da Petrobras e faz sumir pelos dutos da corrupção milhões de reais, provocando uma situação de quase falência na maior empresa estatal brasileira.

No dia de ontem (05/05) o mais importante delator do esquema de corrupção montado na Petrobras, o economista e ex-funcionário aposentado dessa empresa, Paulo Roberto Costa, disse na CPI da Petrobras que o esquema do pagamento de propinas montado em algumas diretorias da empresa onde trabalhou par mais de 35 anos, foi montado pelo Partido Progressista (PP) em conluio com donos das maiores construtoras do país e executivos dessa empresa petrolífera.

Paulo Roberto Costa, nesse seu longo depoimento aos integrantes da CPI da Petrobras voltou a apontar os nomes de políticos do PP, PT, PMDB, PSDB e PSB como beneficiários do esquema que provocou a criação da Operação Lava-Jato - que já colocou por trás das grandes pessoas consideradas até então intocáveis, como os diretores da Construtora Odebrecht, OAS, Queiroz Galvão, UTC e outras construtoras menos conhecidas do distinto público.

O dinheiro roubado da Petrobras foi usado durante muito tempo para financiar campanhas de políticos que sempre estiveram na crista da onda e nunca perderam uma disputa eleitoral. Essa dinheirama explica em parte o sucesso de muitos dos nossos políticos na vida pública. Com um esquema desse porte, qualquer um se transforma num político vitorioso e deveras influente.

Em TemPo:

A CPI do Cachoeira que revelou ao país as armações da Delta Construções se tivesse prosperado, poderia ter revelado ao país outros esquemas de propina montado em ministérios e estatais. O empresário Fernando Cavendish sumiu do radar no nosso triangulo das bermudas e ninguém sabe dar notícia do seu paradeiro. 

Postar um comentário