sábado, 27 de junho de 2015

O álibi que Dilma precisava para deixar o PT


Às últimas manifestações do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva sugerem que o caos econômico/financeiro que está sendo vivido pelo governo da presidenta Dilma Rousseff, deve-se à incompetência da sua pupila e não uma consequência da herança maldita herdada por ela. O que revela apenas uma meia verdade, haja vista, o Estado do Bem Estar Social brasileiro criado por Getúlio Vargas e expandido por Lula, fez disparar a dívida pública. Essas manifestações de Lula que jogam a culpa pelos maus momentos que este país está vivendo são um grande motivo para Dilma Rousseff abandonar o barco petista.

A responsabilidade da presidenta Dilma Rousseff pelo mergulho do Brasil nessa crise foi a sua falta de vontade politica para fazer os ajustes que se faziam necessário na economia - aliada aos problemas econômicos enfrentados por economias no mundo todo. Ela não fez porque queria conquistar um segundo mandato. E deu no que deu. Um erro consciente que poderá transformar o PT num partido nanico, assim como foi transformado o PFL, hoje DEM.

A situação do Partido dos Trabalhadores (PT) é tão difícil que tem petista querendo refundar um partido que se perdeu completamente ao virar poder. Como resumiu o livre pensador Raimundo Zilton de Macedo Silva, na frase: “O PT para chegar ao poder fez quase tudo certo e fez tudo errado para nele permanecer”, diz de maneira subjetiva que o PT e a presidenta de maneira deliberada comprometeram o futuro do país, mantendo preços artificiais de produtos que não estão sujeitos as leis de mercado, como por exemplo, o preço do petróleo e de energia.

A presidenta Dilma Rousseff, ainda poderá salvar a sua pele, rompendo com o seu atual partido e buscando abrigo no seu ex-partido, o PDT. Mas, para que ela reconquiste a confiança do povo brasileiro - ela precisa dar nomes aos bois e faze uma mea culpa.     

Se a presidenta Dilma Rousseff não deixar o PT e continuar enganando o eleitor brasileiro como fez durante a sua campanha  pela conquista da reeleição, tanto ela como o PT terão um destino trágico. Quem viver verá!
Postar um comentário